Lipoaspiração

A lipoaspiração é a cirurgia que tem como objetivo retirar o excesso dos depósitos de gordura. Para saber se é a melhor opção para você, clique aqui.

O que é a lipoaspiração?

A lipoaspiração é a cirurgia que tem como objetivo retirar o excesso dos depósitos de gordura (tecido adiposo) através da aspiração com cânulas, levando a uma melhora do contorno corporal.

É importante lembrar que a lipoaspiração traz bons resultados para o tratamento de gordura localizada em pacientes que estão no seu limite de peso, não sendo assim um substituto para o emagrecimento.

Qual a diferença entre a lipoaspiração e a lipoescultura?

A lipoaspiração é o procedimento pelo qual a gordura é aspirada (retirada).

Já a lipoescultura ou lipoenxertia é o procedimento pelo qual a gordura que foi aspirada é reintroduzida em outra parte do corpo, geralmente na região glútea.

Em que regiões do corpo a lipoaspiração pode ser realizada?

As regiões mais comuns onde a lipoaspiração é realizada são abdome, flancos (cintura), costas, culotes, coxas, tórax e pescoço (papada).

Em que casos a lipoaspiração do abdome está indicada?

A lipoaspiração é indicada para pacientes que possuem um excesso de gordura localizada, mas sem o excesso de pele.

Em que casos a lipoaspiração do abdome não está indicada?

A lipoaspiração isolada não está indicada para pacientes que além do excesso de gordura localizada, possuem um excesso de pele. Nesses casos, é necessário um segundo procedimento para retirada desse excesso de pele. Se o excesso de pele for pequeno, é indicada uma miniabdominoplastia associada à lipoaspiração. No entanto, nos casos em que o excesso de pele é de moderado a grande, é indicada a abdominoplastia.

Já pacientes com um excesso muito grande de tecido adiposo, geralmente com um excesso grande de peso, não se beneficiam muito da lipoaspiração e possuem grande risco de complicações. Nesses casos, é recomendado primeiro a perda do peso, para depois ser realizada a cirurgia tendo assim uma maior segurança e melhores resultados.

Existe um limite da quantidade de gordura que pode ser retirada na lipoaspiração?

Sim. Por questões de segurança ao paciente, o Conselho Federal de Medicina limita o máximo de gordura que pode ser aspirado em uma cirurgia à 7% do peso total do paciente.

Pode ser associada lipoaspiração à abdominoplastia?

Na grande maioria das vezes, para uma melhora do contorno corporal e diminuição da cintura, é associada a abdominoplastia à lipoaspiração em regiões como flancos, dorso e culotes.

É possível fazer a lipoaspiração junto com outra cirurgia, como cirurgia das mamas?

Sim, é possível na maioria das vezes a associação da lipoaspiração com a mamoplastia.

O que acontece se eu ganhar peso após a lipoaspiração?

No caso de um ganho importante de peso, as células adiposas voltam a crescer e os depósitos de gordura a aumentar, sendo perdido grande parte do resultado da lipoaspiração.

Por isso, é importante procurar manter o peso estável após a realização da cirurgia, com uma alimentação balanceada e a prática de atividade física.

Como a lipoaspiração é realizada?

A lipoaspiração é uma cirurgia que necessita ser realizada em ambiente hospitalar, dentro de um centro cirúrgico, para maior segurança do paciente.

Antes da cirurgia, com o paciente em pé, é realizada a marcação de todos os excessos de gordura a serem lipoaspirados.

Os principais passos da cirurgia são os seguintes:

  1. Realização de pequenas incisões em locais disfarçados
  2. Infiltração de solução anestésica
  3. Aspiração do excesso de gordura com o uso de cânulas que vão de 2 a 5 mm de diâmetro
  4. Limpeza da gordura com soro fisiológico
  5. Lipoenxertia da gordura
  6. Sutura (costura) das incisões
  7. Curativo

Quanto tempo dura a cirurgia?

A duração da lipoaspiração varia de acordo com a sua extensão, geralmente de 2 a 4 horas.

Qual será o tipo de anestesia?

Dependendo da extensão da cirurgia e das condições do paciente, pode ser realizada a anestesia peridural associada à sedação ou anestesia geral.

Quanto tempo vou ficar internado?

O tempo de internação e observação após a cirurgia é, geralmente, de até 24 horas.

Quanto custa uma lipoaspiração?

O Conselho Federal de Medicina proíbe a divulgação dos valores de procedimentos e cirurgias pela internet.

De qualquer maneira, os valores da cirurgia variam muito de acordo com os procedimentos indicados para cada caso e um orçamento só é possível após uma avaliação presencial, com a realização do planejamento cirúrgico.

Quais são as principais complicações que podem acontecer na lipoaspiração?

Podem acontecer complicações localizadas, como seroma (acúmulo de líquido), hematoma (acúmulo de sangue), deiscências (abertura dos pontos), necrose da pele (perda de parte da pele) e infecção.

Podem ainda acontecer complicações sistêmicas (no organismo como um todo), como pneumonia, infecção urinária, trombose venosa profunda e embolia pulmonar.

Para diminuir o risco de complicações, é importante fazer uso de todas as medicações prescritas, como antibióticos e anticoagulantes, assim como seguir as recomendações como o repouso e o uso de meias compressivas.

Quanto tempo preciso ficar afastado após a lipoaspiração?

É recomendado o afastamento das atividades e repouso por 2 semanas.

A realização de atividades físicas mais intensas é liberada após 4 semanas da cirurgia.

Quais são os principais cuidados para a recuperação?

Além do repouso de 2 semanas, recomendamos o uso de cintas compressivas por 6 semanas e drenagem linfática.

É importante também manter uma alimentação balanceada, ingerindo bastante água e evitando sal e alimentos industrializados.

O banho é liberado no dia seguinte da cirurgia.